Jin Shin Jyutsu®

Jin Shin Jyutsu® Fisio-Filosofia é uma arte ancestral de harmonização da energia vital no corpo. Nascida da sabedoria inata e passada de geração em geração pela tradição oral, a Arte havia caído em relativa obscuridade, até ser profundamente revivida no início dos anos 1900 pelo Mestre Jiro Murai no Japão.

Após se curar de uma doença que ameaçava sua vida, o Mestre Murai devotou o resto de sua vida à pesquisa e ao desenvolvimento do Jin Shin Jyutsu, agrupando insights de uma ampla gama de experiências e de recursos, incluindo o Kojiki (Registro das Coisas Ancestrais). O conhecimento resultante do Jin Shin Jyutsu foi então passado à Mary Burmeister, que o trouxe aos Estados Unidos na década de 1950. 


Mary Burmeister começou a ensinar a Arte a outras pessoas no início dos anos de 1960 e hoje há milhares de estudantes em todo o mundo.





JIN SHIN JYUTSU® pode ser traduzido literalmente como:

JYUTSU - Arte
SHIN - Criador
JIN - Homem de Conhecimento e Compaixão
(A Arte do Criador através do homem de conhecimento e compaixão)

JIN SHIN JYUTSU é a Arte de liberação das tensões, que são as causas de vários sintomas no corpo. Nossos corpos possuem diversos caminhos energéticos que nutrem a vida em todas as nossas células. Quando um ou mais destes caminhos é bloqueado, este efeito de barragem pode levar a desconfortos ou até à dor. Este bloqueio, ou estagnação, não irá apenas perturbar a área local, mas também continuará até desarmonizar o(s) caminho(s) completo(s) do fluxo da energia.


Através do Jin Shin Jyutsu, nossa consciência é despertada para o fato simples de que somos dotados da habilidade de nos harmonizarmos e nos equilibrarmos (estarmos em ritmo com o universo) física, mental e espiritualmente.
Jin Shin Jyutsu é uma arte e não uma técnica, pois uma técnica é uma aplicação prática - enquanto uma arte é uma hábil criação. Esta linda e simples Arte é nossa herança.

De acordo com registros escritos ancestrais que permanecem nos Arquivos do Palácio Imperial do Japão, o Jin Shin Jyutsu era amplamente conhecido antes do nascimento de Gautama (Buda, Índia), antes do nascimento de Moisés (registrado na Bíblia) e antes do Kojiki (Registro das Coisas Ancestrais - Japão, 712 d.C.). Jin Shin Jyutsu é uma parte inata da sabedoria humana - simplificando as complexidades da existência - e é verdadeiramente uma Arte de Viver.Jin Shin Jyutsu foi redescoberto pelo Mestre Jiro Murai no início do século XX. Sua aluna Mary Burmeister trouxe a Arte do Japão para os Estados Unidos na década de 1950.



Para que serve?

O Jin Shin Jyutsu é indicado como tratamento complementar em casos agudos e crônicos. Atua no alívio de dores, desconfortos e disfunções físicas, sobrecargas emocionais e falta de clareza mental. Além disso, segundo Mary Burmeister, o Jin Shin Jyutsu é uma Fisio-Filosofia, pois nos permite conhecer a essência da natureza humana, ensinando a perceber, compreender e transformar a nossa realidade de forma natural, sem esforço. Com a prática desta arte podemos reconhecer a sabedoria do corpo e da vida, entender suas mensagens e utilizá-las para gerar harmonia e saúde. Através do Jin Shin Jyutsu despertamos nossa consciência, confiança e entusiasmo para nos entregar ao fluxo da vida com seus muitos e constantes processos de transformação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário